Este site está usando cookies
Utilizamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site. Se você continuar usando o site, nós assumiremos que você está feliz em receber todos os cookies neste site.
x
imagen logo Costaflores Organic Vineyard

World's first
Organic wine-backed cryptoasset
Open Source winery

Como funciona?

Si você nunca teve uma criptomoeda, agora é tua chance:

1. 2, 3 e 4 de abril de 2018: colhemos as uvas do vinhedo.
2. Durante o mês de abril elaboramos o vinho "Mike Tango Bravo 2018".
3. Em 6 de maio de 2018 emitimos os Token (ICO, initial coin offering em ingles), baseados na quantidade de garrafas de vinho produzidas.
4. 1 de Julho, os tokens estarão disponiveis para sua revenda nos crypto exchanges.
5. 6 de Maio de 2021: Os vinhos estarão prontos para o consumo, e poderão ser comprados online SOMENTE com os tokens MTB18.

Bem-vindo a Costaflores

cultura cryptowine

Bem-vindo a Costaflores Organic Vineyard, Perdriel, Mendoza, Argentina. Três uvas: Malbec + Petit Verdot + Cabernet Sauvignon = um vinho orgânico: um single vineyard por trás da primeira criptomoeda do mundo.

Apresentando Openvino

viticultura digital

O objetivo do Projeto Openvino é criar a primeira vinícola de código aberto do mundo e a primeira criptomoeda apoiada pelo vinho.

Mike Barrow, proprietário de Costaflores Organic Vineyard, explica como Openvino e blockchain estão transformando sua vinícola boutique de Mendoza, Argentina.

Por que uma vinicola open source?

extrema transparência e trazabilidade

Como a "extrema transparência" pode agregar valor a uma vinícola boutique? Utilizando sensores de IoT de baixo custo, câmeras de 360°, software open source de contabilidade e de ticketing, a vinícola Costaflores Organic Vineyard abre TODAS as informações e se torna a primeira vinícola de código aberto do mundo.

Wine coins and the Blockchain

o mercado decide o preço

Apresentando o primeiro criptoasset do mundo respaldado en vinho! É como o bitcoin, mas para o vinho. Um token MTB18 equivale uma garrafa de vinho argentino, "Mike Tango Bravo 2018", de Costaflores.

Qué tecnología está sendo utilizada?

DiY internet do vinhedo

O projeto Openvino está transformando Costaflores Organic Vineyard, trazendo o Internet of Things, (IoT) para a Internet de vinhedos. Mike Barrow explica como as tecnologias de baixo custo fornecem "extrema transparência e rastreabilidade", uma janela para as informações do dia-a-dia dessa pequena vinícola argentina.

Certificação orgânica

certificação biodigital

O projeto OpenVino e Costaflores Organic Vineyard, de Mendoza Argentina, apresentam a "Certificação Biodigital": autocertificação, utilizando tecnologias de baixo custo e blockchain.

You drink it, you own it!

Quebramos as regras de etiqueta pagando aos nossos clientes por seus feedbacks

Mike Barrow explica como a Costaflores Organic Vineyard está implementando a "extrema traçabilidade com seus vinhos.

FAQ

mais perguntas

Para perguntas frequentes, pode ler nossa página FAQ da Wiki.

Scroll